Posts Recentes

Blog de Intercâmbio no Exterior / Intercâmbio  / Estudar idiomas no exterior: 3 tipos de certificações para tirar
a

Estudar idiomas no exterior: 3 tipos de certificações para tirar

Para quem deseja morar, estudar ou trabalhar no exterior, estudar idiomas é apenas o primeiro passo. Além de aprender uma língua estrangeira, é necessário comprovar o conhecimento do idioma por meio de certificações internacionais que são amplamente reconhecidas e exigidas por diversas instituições no exterior. Esses certificados são pré-requisitos em processos seletivos de cursos universitários, em empresas e também para conseguir o visto de permanência.

Neste artigo, reunimos informações indispensáveis sobre os principais testes de certificação em língua estrangeira, tomando como foco as línguas inglesa e francesa. Confira nossas dicas e comece hoje mesmo a se preparar para alcançar seus sonhos!

Língua Inglesa

IELTS

O International English Test System (IELTS) é um dos testes de certificação em língua inglesa mais conceituados em todo o mundo, e é aceito por praticamente todas as instituições. Esse teste é realizado periodicamente nas principais cidades do Brasil pelo British Council, um organismo atrelado à coroa inglesa, e tem como principal finalidade medir a capacidade de comunicação dos candidatos.

O teste é composto por quatro eixos principais:

  • Interpretação oral: 30 minutos.
  • Redação: 60 minutos.
  • Interpretação textual: 60 minutos.
  • Conversação: 15 minutos.

Ou seja, a duração máxima da prova é de duas horas e quarenta e cinco minutos. O teste tem disponibilidade de datas mensais, variáveis conforme a sua cidade, e custa cerca de 250 Euros.

TOEFL

O Test of English as a Foreign Language (TOEFL) também está entre as mais conceituadas certificações de língua anglófona existentes. O teste existe desde a década de 1960 e consiste no certificado mais conhecido em todo o mundo, sendo aceito em cerca de 6 mil instituições de educação em mais de 180 países. O teste é aplicado pela ETS, entidade responsável por diversas pesquisas no âmbito da educação.

O TOEFL é dividido em quatro fases:

  • Interpretação de texto: entre 60 e 100 minutos.
  • Prova oral: 20 minutos.
  • Compreensão auditiva: entre 60 e 90 minutos.
  • Prova escrita: 50 minutos.

A inscrição para realização do teste pode ser feita em qualquer capital brasileira e tem o valor de 250 dólares — deve ser feita com pelo menos um mês de antecedência devido à grande procura. A nota do TOEFL pode variar entre 0 e 30 pontos em cada um dos quatro itens. Somando o total da prova, a pontuação varia entre 0 e 120 pontos.

Língua Francesa

DELF

O DELF, sigla para Diplôme D’études En Langue Française, é um teste de proficiência de língua francesa muito bem reconhecido internacionalmente e aceito por importantes instituições francesas, como a Universidade de Sorbonne — uma das mais conceituadas e disputadas da França. Esse teste pode ser realizado em diferentes níveis, que variam desde candidato iniciante até o candidato fluente.

  • DELF A1: teste de conhecimentos iniciais do candidato.
  • DELF A2: teste da compreensão oral e capacidade de se expressar oralmente e por escrito.
  • DELFB1: teste de nível de capacidade de domínio da língua para lidar com imprevistos ocasionais.

Existe ainda uma espécie de continuação do DELF, chamado DALF, aplicado para candidatos que já dominam o francês. Esse teste é aplicado em dois subníveis: DALF 1 e DALF 2, sendo que no primeiro caso, o candidato deve demonstrar domínio do vocabulário e a capacidade de se comunicar livremente. No segundo, o candidato deve ser capaz de expressar-se precisamente e realizar tarefas acadêmicas com excelência.

Estudar idiomas de outros países é uma ótima maneira de ampliar seus horizontes profissionais e sua visão de mundo. Os testes de certificação funcionam como uma espécie de passaporte para a realização dos seus ideais de estudar ou trabalhar em uma país estrangeiro e renovar sua bagagem cultural.

Se você gostou das nossas dicas, siga-nos nas redes sociais (Facebook, Instaram e Linkedin) para continuar se informando sobre como se preparar para uma experiência no exterior!

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário: